5 PRINCIPAIS ERROS NA HORA DE EMOLDURAR

Nunca houve uma literatura específica para a arte de emoldurar.

O conhecimento aplicado atualmente na Casa da Moldura foi empírico e adquirido ao longo de anos de mercado. Os clientes que chegam a Casa da Moldura buscam nossa assessoria por ficarem inseguros. É realmente uma área que poucos dominam, inclusive, os próprios decoradores e arquitetos, justamente por não haver muita informação disseminada.

Hoje em dia, a variedade de molduras é enorme e o cliente que acompanha as tendências e lançamentos conta com uma gama enorme de possibilidades de montagens, que se adéquam aos mais diversos ambientes. A Casa da Moldura conta com mais de 1200 modelos de molduras a sua escolha.
É de suma importância a escolha cautelosa da moldura. Uma moldura bem escolhida além de valorizar o quadro ainda pode ajudar a focar a atenção em algo que você queira ressaltar. O mesmo vale para algo que você não goste e queira disfarçar.

Confira algumas dicas pra não fazer feio ao escolher uma moldura, listamos alguns dos erros mais comuns na hora de emoldurar:

1. Combinar a cor da Moldura com a cor dos móveis, sem pensar no objeto emoldurado.

A prioridade de combinação de moldura é com o que vai dentro dela (foto, gravura, tela, etc.). Um Quadro entra na decoração como uma peça decorativa, um elemento que pode ou não ser de destaque, mas não deve ser encarado como mobiliário. Porque aí se corre o risco de ter como resultado uma moldura que não combina com o seu conteúdo, e uma vez fora daquele ambiente, o quadro perde todo sentido. Por isso, escolha para a Moldura uma cor que esteja presente no quadro, que vai ser realçada pela moldura. A mesma dica vale para a cor do paspatur. A moldura bem escolhida torna a peça um coringa na decoração, podendo compor com diversos estilos de ambiente.

post_03_img1

2. Achar que o peso visual de uma moldura está na largura.

Moldura larga, não quer dizer moldura “pesada” visualmente. O peso visual está muito mais relacionado a cor da moldura do que a largura em si. Uma moldura fina com uma cor mal escolhida pode ser um verdadeiro desastre no resultado final, porque pode acabar chamando mais atenção para moldura que para o item emoldurado. Já as molduras largas e bem escolhidas, quanto ao estilo e cor, ajudam a peça a ser valorizada e destacada. Veja o exemplo abaixo, a foto é a mesma mas foi emoldurada de diversas formas, repare na diferença entre o uso do paspatur e a largura de cada moldura.

post_03_img2

3. Na dúvida escolher sempre o branco.

Esse é um dos erros mais comuns. O branco é realmente uma cor neutra, mas não pode ser usado em boa parte do que recebemos na loja. Para usar o branco ele deve no mínimo estar presente na foto, tela ou gravura. Por ser uma cor pura sem variações, a moldura branca, normalmente, ganha um destaque muito grande quando comparado as cores do restante do quadro, e chama muita atenção para si. A mesma dica vale para a escolha do branco no paspatur, já que mesmo com uma moldura correta, caso o paspatur seja branco e não entre nos casos descritos, desequilibra a montagem, roubando a cena do quadro.

post_03_img3

4. Achar que colocar moldura tira a atenção do quadro.

Esse papo de que colocar moldura tira a atenção de um quadro é coisa de quem não conhece o que o mercado tem a oferecer. Como já foi dito nas outras dicas, o segredo é saber escolher a moldura correta para cada situação. A moldura pode ainda salvar um quadro feio, ou que o cliente não goste. Um bom exemplo é daquele cliente que ganha um quadro de presente e não gosta da pintura, mas por questão de educação tem que colocá-lo na parede, colecionamos casos em que salvamos casamentos e amizades, colocando uma moldura que modificou completamente a apreensão do quadro! Por isso, quando alguém disser que moldura é coisa do passado, duvide, questione, provavelmente essa pessoa não sabe do que está falando. Veja o exemplo deste quadro abaixo com moldura vermelha, mesmo tendo uma moldura de cor forte e trabalhada não perdemos o foco da atenção, que é a gravura do Romero Britto.

post_03_img4

5. Usar a mesma moldura para todos os quadros da casa.

De forma alguma é necessário que você utilize somente um perfil e cor de moldura na sua casa, ou ambiente. A moldura deve respeitar a identidade e individualidade de cada quadro. Por isso, se você tem quadros de diferentes artistas e estilos diversos por que vai utilizar a mesma moldura? O nosso olho pede molduras iguais exatamente quando tudo parece ser um conjunto, e os quadros dialogam entre si, e ainda quando são trípticos e dípiticos (que são obras de um mesmo artista, que formam um conjunto). Aí sim, vale à pena repetir uma boa idéia de moldura. Mas veja esse exemplo quadros abaixo em que mantivemos a unidade com as cores da moldura mas usamos perfis de diferentes designs e larguras.

post_03_img5

Se mesmo depois dessas dicas você ainda tiver alguma dúvida, visite a Casa da Moldura e conte com assessoria de nossos vendedores e arquiteta. Estaremos a sua disposição para escolhas excelentes, e clientes satisfeitos!
Por: Aline França | arquiteta da Casa da Moldura

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Casa da Moldura - © 1989 / 2017 - Todos os direitos reservados

QR-Code