Telefone: +55 (33) 99999-9999

Carrinho

CONHEÇA NOSSA LINHA DE CONSERVAÇÂO (MUSEU)

Temos uma linha de produtos específicos e adequados para obras que exijam alto padrão de conservação, tais como gravuras assinadas, fotos em fine art, relíquias de família, etc. A maioria desses produtos é livre de acidez, que é uma das maiores inimigas da conservação, uma vez que acarreta na oxidação de metais da composição dos papéis, resultando em manchas e amarelamento do papel. Outros materiais de conservação impedem a entrada de umidade na peça a ser emoldurada, e diminuem consideravelmente a incidência de fungos e ainda a própria oxidação que tem a água como uns dos gatilhos de reação.

Se engana quem acredita que todos esses produtos são inacessíveis e só são utilizados para conservação de obras de museu ou de colecionador. Alguns deles são ainda caros para o público geral, mas há alguns que já fazem bastante diferença na conservação, e custam pouco a mais que produtos comuns.

Conheça agora todos os recursos de montagem que a Casa da Moldura tem a oferecer na linha de conservação:

Fundo de Foamboard – É uma placa de espuma sintética, laminada com papel alcalino dos dois lados. Possui alta rigidez e leveza, e tem superfície extremamente lisa. Comparado ao Duratex ou Eucatex (alternativa largamente utilizada para fundo de quadros) é infinitamente menos poroso e não possui a acidez que Duratex (Eucatex)tem. Com isso evita manchas de umidade, proliferação de fungos, e amarelamento do papel. É o produto de conservação mais acessível financeiramente.

Paspatur de papel – O paspatur de papel cartão tem a função técnica de não permitir o contato físico do vidro com a peça emoldurada, sua espessura normalmente é de 1,5mm. Esse afastamento permite uma camada protetora de ar, um respiro, que numa conservação a longo prazo é fundamental. Outra função importante do afastamento é a proteção de fotos (principalemente as de acabamento brilhoso), trabalhos em giz, pastel ou grafite, para que não “grudem” no vidro, o que danifica permanentemente a obra ou foto. O papel cartão pode ser de material puro (com PH neutro) ou reciclado (com alguma acidez). E estão disponíveis em diversas cores, texturas e estampas. Leia mais sobre paspatur aqui.

Tyvek – É um não tecido fabricado com filamento contínuos de polietileno de alta densidade. Sua estrutura interna de fibras ordenadas randomicamente, possui alta durabilidade, resistência intempéries e agentes químicos. É livre de ácidos, não permite entrada de umidade. Não conduz fogo. Podemos utilizar o tyvek para fazer a vedação completa do fundo do quadro (cobrindo todo o fundo) ou utilizar a fita de Tyvek (vide item fitas)

Cantoneiras e Strips de Polipropileno ou Mylar – feitos de material livre de ácido, são utilizados para fixar fotos ou gravuras sem que haja nenhum tipo de contato da obra com o adesivo. A obra fica totalmente livre para posterior remoção.

Colas PVA ou Spray – São utilizadas em obras que tenham facilidade de ondulação que exija a colagem das mesmas no fundo do quadro. A colagem é feita em máquinas de colagem a vácuo, as colas tem ótimo poder de adesão e são livres de acidez.

Fitas – As fitas são utilizadas em diversos momentos da montagem dos quadros.

O primeiro tipo de fita é utilizado na hora de fixar a obra no paspatur de papel, é muito importante que ela seja de material neutro para futuramente não manchar a obra. Para ilustrar as marcas que ficariam caso o material não fosse neutro, pense em papeis antigos fixados com Duratex, conseguimos ter a marca exata de onde estava o durex, não é? Por isso é tão importante que o material das fitas seja neutro.

O segundo tipo de fita é utilizado para fazer a vedação do fundo do quadro (mais eficaz com o uso do fundo de foamboard ou tyvek), são feitas de tyvek, material já detalhado anteriormente.

O terceiro tipo é a fita de isolamento da moldura, ela impede o contato da cava da moldura com a obra emoldurada. Já que a madeira (material mais comum para a moldura) pode com a acidez danificar a obra, quando não usamos nenhum outro recurso isolante, como o paspatur.

Vidro com proteção UV – Os vidros comuns permitem a passagem de luz, seja natural ou artificial que com o tempo “queimam” a pigmentação da obra, para preservar as cores originais da obra, usamos os vidros com filtro UV.

Por: Aline França | arquiteta da Casa da Moldura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading...